Denunciante afirma que a lua é um lugar habitável – tem mais de 250 milhões de alienígenas humanóides

Um ex-piloto da CIA chamado John Lear afirmou recentemente que a Lua é um lugar habitável com mais de 250 milhões de cidadãos. Este homem tem sido bastante famoso entre os teóricos da conspiração.

Ele afirmou ter descoberto estruturas estranhas na superfície da Lua e até mostrou algumas imagens que comprovariam essas afirmações.

Na verdade, muitos astrônomos amadores registraram recentemente algo semelhante a uma projeção holográfica da superfície da Lua. Há muitas pessoas que acreditam fortemente na existência de uma sociedade secreta escondida na Lua, então quem sabe, talvez este holograma os esteja encobrindo.

No vídeo de Lear, podemos ver algumas imagens tiradas de um observatório em 1947. Elas supostamente mostram um enorme cataclísmico que ocorreu a noroeste da cratera Endymion.

Ele continua contando como a Lua foi criada dentro de Júpiter há mais de 40 milhões de anos e que durante a Idade do Gelo, a trajetória eletromagnética ficou presa na órbita da Terra. E foi aí que a civilização na Lua começou a aparecer.

Segundo Lear, os habitantes da Lua são alienígenas humanóides, incluindo os Greys, embora estes últimos vivam sob a superfície trabalhando em enormes laboratórios.

Por fim, disse que a Terra é uma espécie de planeta – uma prisão que serve de lugar para punições. Existem muitos outros planetas como a Terra, concluiu. Confira os vídeos a seguir para mais informações e tire suas próprias conclusões

VÍDEO:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *